sábado, 16 de abril de 2011

Redescobrindo a história

Calçamento do Cais do Valongo
A Fundação Palmares divulgou esta semana que, por meio de uma obra de drenagem, funcionários da Prefeitura do Rio de Janeiro encontraram há pouco mais de um mês duas importantes referências do Brasil Imperial, no século XIX: o Cais do Valongo, o maior porto de chegada de escravos do mundo, e o Cais da Imperatriz, construído para receber Teresa Cristina, que se casaria com Dom Pedro II.

A descoberta é muito importante para o resgate e a manutenção das memórias do país, tão carente de documentação no que diz respeito à escravidão.

Botões produzidos com ossos bovinos
Além das pedras que compõem os calçamentos dos cais, foram encontrados vestígios de cultura de grupos africanos e afrodescendentes, como cachimbos de cerâmica, búzios e botões feitos de ossos de animais.

Ambos os cais estavam escondidos sob a Avenida Barão de Tefé, na Zona Portuária do Rio de Janeiro, há pelo menos um século, e a equipe do Museu Nacional/UFRJ, que acompanhou a obra, nem sequer tinha certeza se ainda restavam vestígios do Valongo.

Já está sendo discutida a possibilidade de criar um memorial para armazenar o material encontrado e mostrar a todos o lugar onde desembarcaram mais de um milhão de negros escravizados.

Búzios utilizados nas práticas religiosas

Paralela do Cais da Imperatriz sobre o Cais do Valongo
Cachimbo de cerâmica feito e utilizado por negros escravizados

Nenhum comentário:

Quem faz o Capoeira de Vênus

Venusiana
Meu nome de verdade é Neila, no espelho, alieN, o que é só mais um motivo dessa brincadeira espacial. Adoro ler e escrever, por isso me formei jornalista. E foi fazendo estágio de jornalismo que tive meu primeiro contato com a capoeira e me apaixonei. Comecei a treinar na Escola de Capoeira Armagedon, com o Mestre Del, e hoje sou pré-estagiária do grupo. Ainda tenho muito o que aprender sobre capoeira, por isso não fiz esse blog para ensinar nada a ninguém, apenas para trocar informações sobre essa arte maravilhosa. Deu tão certo que hoje escrevo também a coluna Capoeira Mulheres, no Portal Capoeira.

Meu e-mail: capoeiradevenus@gmail.com
Visualizar meu perfil completo
Ocorreu um erro neste gadget

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO