domingo, 27 de fevereiro de 2011

O Capoeirista e a Língua Portuguesa

Quatro motivos para o capoeirista falar um bom português


Não sei se isso ocorre também no exterior, mas no Brasil vejo que existe uma espécie de crença de que quem trabalha com o corpo não precisa falar bem.

Jogadores de futebol, são um exemplo clássico dessa "crença" sem fundamento, mas ela vai além dos campos, já está presente em vários esportes e também existe no universo da capoeira.

O mais triste, é ver que existem atletas e capoeiristas que realmente acreditam que falar ou escrever corretamente é algo sem importância. Lembrando que não estou falando de usar o Português culto, mas apenas usar nossa língua corretamente.

Eu poderia citar dezenas de motivos para que todo brasileiro, incluindo atletas, procurem usar a nossa língua de forma correta; mas como eu acredito que o capoeirista tem mais motivos para isto do que boa parte dos brasileiros, cito então quatro motivos para o capoeirista falar um bom português:

1 - A capoeira é o maior veículo de divulgação da língua portuguesa no mundo: Um título desses tem valor e merece respeito. É um verdadeiro pecado um capoeirista ignorá-lo e sair por aí falando de qualquer jeito.

2 - Dar exemplo às crianças: Ligada a ações sociais ou simplesmente ensinada dentro de uma escola pública ou particular, a capoeira envolve, estimula e influencia inúmeras crianças. Não são poucos os mestres e professores que exigem que seus alunos frequentem a escola e tirem boas notas. Mas isso pouco adianta se o mestre não der o exemplo.

3 - Dar um drible no preconceito: Infelizmente os capoeiristas ainda são vistos por muitos como marginais desocupados, e falar de qualquer jeito muitas vezes reforça essa ideia. Por outro lado, um bom português pode levar muitos preconceituosos a reverem seus conceitos.

4 - Um bom português pode ajudar na busca de apoio: Se existem grupos autossuficientes, com certeza são raros. Normalmente um grupo de capoeira precisa de algum tipo de investimento, seja público ou privado. Um bom patrocinador escolhe muito bem em que ou a quem vincular sua marca, portanto, um bom português pode fazer toda a diferença, ajudando a ganhar a confiança do patrocinador.

Vale lembrar que a língua portuguesa é considerada por muitos uma das mais difíceis do mundo, portanto cometer erros é normal. O que não vale é chutar o balde, não é?

3 comentários:

Papagaio Preto disse...

Eu acho isso essencial para muita coisa e não somente na capoeira, veja bem, um português mais polido ajuda na hora da entrevista de um bom emprego, ajuda a aumentar seu netoworking, exemplos para os filhos e milhares de outras coisas. Se eu te disser que conheço pessoas que acham que falar o mais errado possível as torna mais humildes, mais "povão", pois acham que "tentar" falar corretamente é coisa de "gay" ou de pessoas metidas a intelectual. E esses tipos de pessoas são as mesmas que sofrem as chagas do Sistema e depois o culpam por não fornecer oportunidades e condições. Sendo que as oportunidades e condições estão aí, mas todo mundo quer as coisas no mole e não quer se preparar para as adversidades...

Venusiana disse...

Obrigada, Papagaio! Confesso que, escrevendo esse texto, fiquei com um pouco de medo de que as pessoas não entendessem bem o que eu quero dizer. Mas você entendeu muito bem!

Lord Vader disse...

O Blog Ensaios e Manifestos reúne uma coletânea de textos de tema livre , onde qualquer um pode participar , com o objetivo de formar um grande banco de idéias . Um pouco de Filosofia ,Literatura , História , Sociologia ,etc . Sou o editor do blog e gostaria de convidar o autor a participar , pois apreciei o teor dos textos
www.ensaiosemanifestos.blogspot.com

[ ]s Vader !

Quem faz o Capoeira de Vênus

Venusiana
Meu nome de verdade é Neila, no espelho, alieN, o que é só mais um motivo dessa brincadeira espacial. Adoro ler e escrever, por isso me formei jornalista. E foi fazendo estágio de jornalismo que tive meu primeiro contato com a capoeira e me apaixonei. Comecei a treinar na Escola de Capoeira Armagedon, com o Mestre Del, e hoje sou pré-estagiária do grupo. Ainda tenho muito o que aprender sobre capoeira, por isso não fiz esse blog para ensinar nada a ninguém, apenas para trocar informações sobre essa arte maravilhosa. Deu tão certo que hoje escrevo também a coluna Capoeira Mulheres, no Portal Capoeira.

Meu e-mail: capoeiradevenus@gmail.com
Visualizar meu perfil completo
Ocorreu um erro neste gadget

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO