terça-feira, 14 de setembro de 2010

Mapeamento da capoeira e enquete de Vênus

Foi encerrada ontem a primeira enquete do Capoeira de Vênus. Com um total de 22 votos, não temos uma amostragem relevante estatisticamente falando, mas temo que o resultado seja mais real do que os dados do mapeamento que a motivaram, onde o estilo Anglo-Regional aparece como mais praticado do que a Capoeira Angola.

O resultado da enquete mostra que a maioria, 59% dos que responderam (13 votos), pratica Capoeira Regional. O segundo estilo mais praticado segundo a enquete é a Capoeira Angola, com 36% (8 votos), seguido da Capoeira Contemporânea, com 22% (5 votos). Por fim, a Capoeira Anglo-Regional ficou em último lugar com 9% (2 votos).

Sobre o Mapeamento dos Grupos de Capoeira

No dia 13 de agosto eu comentei no post Alguém pratica Capoeira Ango-Regional a surpresa que me causou o resultado preliminar do o Mapeamento dos Grupos de Capoeira, efetuado pelo Escritório Internacional de Capoeira e Turismo, pelo número de praticantes de Capoeira Anglo-Regional, que seria de 27 por cento dos capoeiristas.

Visitei o site Capoeira da Bahia, do Escritório Internacional de Capoeira e Turismo, onde descobri que o mapeamento é feito através de pesquisa presencial, para capoeiristas de Salvador e de mais 16 cidades da Bahia, e através do próprio site para as demais localidades.

O que eu vejo como problema é que na ficha de cadastro disponível no site, a opção "Ramo da Capoeira" só permite a seleção de uma opção. Por isso acredito que um grupo que se considere praticante tanto de Regional quanto de Angola, não podendo selecionar as duas, possa selecionar a opção Capoeira Anglo-Regional equivocadamente.

Para evitar este tipo de problema, na enquete do Capoeira de Vênus cada participante pôde votar em quantas opções quisesse.

Lembrando que meu objetivo aqui não é desqualificar o mapeamento efetuado pelo Escritório Internacional de Capoeira e Turismo, mas esclarecer um dado que me pareceu absurdo. Por isso desde 20 de agosto tentei contatar o Escritório pelo formulário de contato do próprio site, pelo e-mail suporte@ipedes.com, informado no site e pelo twitter do Escritório, mas não obtive nenhum retorno.

O Escritório Internacional de Capoeira e Turismo é um centro de informação e articulação vinculado à Secretaria de Turismo do Estado da Bahia, e o mapeamento tem como objetivo disponibilizar informações que subsidiarão ações de políticas públicas para potencializar a capacidade de o Estado da Bahia atrair novos visitantes, com o intuito de estimular o intercâmbio cultural e os negócios associados ao turismo étnico.

4 comentários:

Psico disse...

Concordo plenamente! É no mínimo estranho esse dado. Mas com a explicação de como foi feita a pesquisa dá para se entender o por quê disso. mas quem vai fazer uma pesquisa desse porte deveria ter um conhecimento maior do assunto, pois assim, ao deparar com os resultados, buscaria uma solução, como marcar mais de uma opção (como aqui no blog), por exemplo.
Os praticantes de capoeira Anglo-Regional apenas votaram ou também se manifestaram sobre o assunto?
Grande abraço!

Venusiana disse...

Infelizmente, nenhuma manifestação dos anglo-regionais. Peninha.

Papagaio Preto disse...

Vamos fazer uma divulgação mais ampla desse assunto para ver se conseguimos alcançar estes praticantes com a finalidade de conseguir uma manifestação da parte deles.

Venusiana disse...

Hum, eu bem que tentei. Além do blog via twitter, orkut... Apesar dos dois votinhos não consegui ninguém que dissesse "Eu pratico capoeira Anglo-Regional". Acho que isso é só mais uma prova de que não se trata de um estilo muito popular.
Mas ainda não desisti de conseguir contato com o Mestre Pirajá.
Continuo tentando.

Quem faz o Capoeira de Vênus

Venusiana
Meu nome de verdade é Neila, no espelho, alieN, o que é só mais um motivo dessa brincadeira espacial. Adoro ler e escrever, por isso me formei jornalista. E foi fazendo estágio de jornalismo que tive meu primeiro contato com a capoeira e me apaixonei. Comecei a treinar na Escola de Capoeira Armagedon, com o Mestre Del, e hoje sou pré-estagiária do grupo. Ainda tenho muito o que aprender sobre capoeira, por isso não fiz esse blog para ensinar nada a ninguém, apenas para trocar informações sobre essa arte maravilhosa. Deu tão certo que hoje escrevo também a coluna Capoeira Mulheres, no Portal Capoeira.

Meu e-mail: capoeiradevenus@gmail.com
Visualizar meu perfil completo
Ocorreu um erro neste gadget

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO