sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Gingando pela Paz no Haiti

Já faz algum tempo que descobri o blog Gingando pela Paz no Haiti, cujo subtítulo é Relatos de um Capoeirista em Terras Haitianas.

O blog, escrito pelo contra-mestre brasileiro Flávio Saudade, coordenador do projeto Gingando pela paz, sempre trouxe lindas imagens e relatos de um trabalho muito bonito realizado no Haiti.

Agora o blog traz o que eu considero o relato mais palpável da tragédia que, infelizmente, ocorreu no Haiti esta semana.

Quando vemos tragédias como esta pela televisão, por mais que fiquemos tristes (e ficamos), muitas vezes tudo parece irreal e distante.

No blog do professor Saudade, talvez por eu já acompanhá-lo há algum tempo, a sensação é bem diferente. Mas em meio a tanta tristeza ainda existe o alívio de saber que o camarada Saudade está bem e continua ajudando os haitianos, dentro de suas possibilidades.

Contra-mestre Flávio Saudade, arquivo pessoal.
Atualizado em 16/01/10: Como ajudar?

Antes de escrever este post, procurei informações sobre formas de ajudar o Haiti. Encontrei muitas, mas, sinceramente, achei todas complicadas, algumas disponíveis apenas em outros países e outras nem me pareceram muito confiáveis.

Mas agora encontrei no site da Fundação Palmares, algumas formas mais simples de ajudar, e achei válido trazer a informação para cá, mesmo depois do post já ter sido publicado.

Doações em dinheiro podem ser feitas pelas contas SOS Haiti (Banco do Brasil, agência 1606-3, conta corrente: 91.000-7) e Cruz Vermelha (Banco HSBC, agência: 1276, conta corrente: 14.526-84, CNPJ: 04.359.688/0001-51)

E, em Brasília, há postos de arrecadação da UNEMFA - União Nacional de Esposas de Militares das Forças Armadas - que recolhem roupas, calçados, colchões, lençóis e alimentos não perecíveis, na Administração da SQN 102, 306 e 113. Mais informações pelos telefones (61) 8172-8478, 9276-6837 e 9686-2534.

Nenhum comentário:

Quem faz o Capoeira de Vênus

Venusiana
Meu nome de verdade é Neila, no espelho, alieN, o que é só mais um motivo dessa brincadeira espacial. Adoro ler e escrever, por isso me formei jornalista. E foi fazendo estágio de jornalismo que tive meu primeiro contato com a capoeira e me apaixonei. Comecei a treinar na Escola de Capoeira Armagedon, com o Mestre Del, e hoje sou pré-estagiária do grupo. Ainda tenho muito o que aprender sobre capoeira, por isso não fiz esse blog para ensinar nada a ninguém, apenas para trocar informações sobre essa arte maravilhosa. Deu tão certo que hoje escrevo também a coluna Capoeira Mulheres, no Portal Capoeira.

Meu e-mail: capoeiradevenus@gmail.com
Visualizar meu perfil completo
Ocorreu um erro neste gadget

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO