terça-feira, 27 de outubro de 2009

Olha que Exu castiga!


Acordei hoje pensando nos orixás pois, com a estreia do filme Besouro na próxima sexta-feira, não é só a capoeira que vai ficar em evidência. Estava pensando em pesquisar, buscar algo legal, um enfoque diferenciado para trazer o assunto pra cá.

E logo pela manhã chegou até mim, via Twitter uma notícia do O Dia Online, sobre uma professora de Literatura Brasileira e Redação que diz ter sido proibida de dar aulas em uma Escola Municipal de Macaé, no Rio de Janeiro, dirigida por uma diretora evangélica, após utilizar em aula o livro Lendas de Exu, de Adilson Martins, uma obra recomendada pelo Ministério da Educação (MEC).

Segundo afirma a professora no O Dia Online, a mesma já teria voltado a lecionar, mas estaria proibida, até mesmo por pais de alunos, dar aulas sobre a África. O caso foi encaminhado pela Secretaria de Educação à Procuradoria-Geral de Macaé, que deve dar um parecer sobre o caso até sexta-feira.

Não vou dizer o quanto é absurdo e repugnante esse tipo de atitude. Acho que não adianta. Mas vou aproveitar pra falar um pouco do livro Lendas de Exu, publicado pela Editora Pallas. Talvez esse livro seja exatamente o que eu procurava hoje pela manhã e, mais que isso: lê-lo seria uma linda manifestação silenciosa contra o ridículo da intolerância religiosa.

O livro

O autor Adilson Martins reune em 180 páginas um grande número de lendas coletadas e reescritas com humor e sabedoria, tendo como tema central o orixá Exu.

Associado ao Diabo no sincretismo religioso, Exu é o mais discriminado dos já discriminados Orixás, porém Exu não tem nada a ver com o Diabo. E o livro de Adilson Martins promete surpreender o leitor com esse deus africano que, em um momento é malicioso, no outro é simpático, ora é moleque, ora justiceiro, ora premia, ora castiga, dependendo sempre de como é tratado, afinal Exu só quer respeito.

As primeiras 49 páginas do livro estão disponíveis no Google.

Nenhum comentário:

Quem faz o Capoeira de Vênus

Venusiana
Meu nome de verdade é Neila, no espelho, alieN, o que é só mais um motivo dessa brincadeira espacial. Adoro ler e escrever, por isso me formei jornalista. E foi fazendo estágio de jornalismo que tive meu primeiro contato com a capoeira e me apaixonei. Comecei a treinar na Escola de Capoeira Armagedon, com o Mestre Del, e hoje sou pré-estagiária do grupo. Ainda tenho muito o que aprender sobre capoeira, por isso não fiz esse blog para ensinar nada a ninguém, apenas para trocar informações sobre essa arte maravilhosa. Deu tão certo que hoje escrevo também a coluna Capoeira Mulheres, no Portal Capoeira.

Meu e-mail: capoeiradevenus@gmail.com
Visualizar meu perfil completo
Ocorreu um erro neste gadget

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO