domingo, 8 de março de 2009

Aqualtune


Para o Dia Internacional da Mulher, nada melhor do que um post sobre uma valente guerreira.

Em uma disputa entre reinos africanos uma mulher foi para a frente de batalha comandando dez mil guerreiros. Era a princesa Aqualtune, filha do rei do Congo, que, apesar da coragem e determinação, foi derrotada e escravizada com seu exército.

Aqualtune foi trazida para o Brasil em um navio negreiro. Obrigada a manter relações sexuais com um escravo para fins de reprodução, desembarcou grávida em Recife e foi vendida para um engenho em Porto Calvo, no sul de Pernambuco. Lá ouviu falar no Quilombo de Palmares e, nos últimos meses de gravidez, organizou uma fuga para o quilombo, junto com outros escravos.

Em Palmares, onde as tradições africanas eram preservadas, Aqualtune teve sua origem nobre reconhecida. Posteriormente dois de seus filhos, Ganga Zumba e Gana Zona tornaram-se chefes dos mocambos mais importantes do quilombo. Aqualtune também teve filhas, a mais velha delas, chamada Sabina, deu-lhe um neto, o grande guerreiro Zumbi dos Palmares.

Fontes:
Wiki Capoeira
Africa e Africanidades
Casa de Cultura Mulher Negra

Nenhum comentário:

Quem faz o Capoeira de Vênus

Venusiana
Meu nome de verdade é Neila, no espelho, alieN, o que é só mais um motivo dessa brincadeira espacial. Adoro ler e escrever, por isso me formei jornalista. E foi fazendo estágio de jornalismo que tive meu primeiro contato com a capoeira e me apaixonei. Comecei a treinar na Escola de Capoeira Armagedon, com o Mestre Del, e hoje sou pré-estagiária do grupo. Ainda tenho muito o que aprender sobre capoeira, por isso não fiz esse blog para ensinar nada a ninguém, apenas para trocar informações sobre essa arte maravilhosa. Deu tão certo que hoje escrevo também a coluna Capoeira Mulheres, no Portal Capoeira.

Meu e-mail: capoeiradevenus@gmail.com
Visualizar meu perfil completo
Ocorreu um erro neste gadget

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO