quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Orquestra de Berimbaus


Nascida a partir de um trabalho social desenvolvido junto ao Projeto Treme Terra, a Orquestra de Berimbaus do Morro do Querosene, formada por jovens do bairro do Butantã e Morro do Querosene, região oeste da cidade de São Paulo, se apresenta hoje, em São Paulo e na sexta, dia 5, no Rio Grande do Sul, em dois projetos distintos. O repertório da Orquestra traz toques da capoeira e ritmos da música brasileira, com arranjos e regência do Mestre Dinho Nascimento.

II Festival da Juventude Paulista
Em São Paulo, a Orquestra se apresenta hoje, dia 03, às 19 horas. A apresentação faz parte do II Festival da Juventude Paulista, uma iniciativa da Coordenadoria de Programas para a Juventude da Secretaria das Relações Institucionais do Estado de São Paulo, que busca promover e valorizar as ações culturais criadas por ou para jovens, além de discutir as políticas públicas para a juventude.

O evento tem entrada franca e será realizado no auditório Simon Bolívar, no Memorial da América Latina, avenida Auro Soares de Moura Andrade, 664, Barra Funda, São Paulo.

Projeto Concertos Populares
Na sexta-feira, dia 05, a partir das 12h, a Orquestra de Berimbaus do Morro do Querosene vai se reunir com a Camerata Tuia em um espetáculo musical de alto nível, realizado pelo Projeto Concertos Populares.

Segundo Ruriá Duprat, diretor artístico do projeto, a Camerata se destaca por contar com uma formação eclética, que permite a execução de um repertório amplo, não só pela variedade dos instrumentos de sopro, cordas, e percussão, mas também pelo talento dos músicos envolvidos. Já a Orquestra de Berimbaus surpreende pois, enquanto vozes entoam chulas, ladainhas e louvações; palmas, agogôs e atabaques preenchem o espaço sonoro de acordo com os fundamentos da capoeira.

O evento será no Pepsi In Stage, Rua Severo Dullius, 1995, em Porto Alegre. A entrada é gratuita.

Nenhum comentário:

Quem faz o Capoeira de Vênus

Venusiana
Meu nome de verdade é Neila, no espelho, alieN, o que é só mais um motivo dessa brincadeira espacial. Adoro ler e escrever, por isso me formei jornalista. E foi fazendo estágio de jornalismo que tive meu primeiro contato com a capoeira e me apaixonei. Comecei a treinar na Escola de Capoeira Armagedon, com o Mestre Del, e hoje sou pré-estagiária do grupo. Ainda tenho muito o que aprender sobre capoeira, por isso não fiz esse blog para ensinar nada a ninguém, apenas para trocar informações sobre essa arte maravilhosa. Deu tão certo que hoje escrevo também a coluna Capoeira Mulheres, no Portal Capoeira.

Meu e-mail: capoeiradevenus@gmail.com
Visualizar meu perfil completo
Ocorreu um erro neste gadget

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO