terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Capoeira como profissão


A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados aprovou na última quarta-feira, dia 3, em caráter conclusivo, o Projeto de Lei 7150/02, que reconhece a prática da capoeira como profissão. O projeto já foi aprovado pela Comissão de Trabalho, de Administração e de Serviço Público e segue agora para a análise do Senado.

Pela proposta, de autoria do deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), o capoeirista passa a ser considerado atleta profissional, apto a participar de eventos públicos ou privados de forma remunerada.

Foi aprovado pela CCJ o parecer do relator, deputado Sandro Mabel (PR-GO), com emenda que exclui a exigência de inscrição do mestre na Confederação Brasileira de Capoeira. Segundo Mabel, a exigência criaria uma indesejável reserva de mercado, o que entra em conflito com o princípio do livre exercício profissional.

2 comentários:

pedro disse...

isso é ótimo, mas vai precisar ter uma fiscalização rígida, ja que muitas pessoas andão si intitulando mestres ou coisas parecidas, tem que haver algo determinante para provar que tal capoerista e realmente um profissional da capoeira.

pedro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

Quem faz o Capoeira de Vênus

Venusiana
Meu nome de verdade é Neila, no espelho, alieN, o que é só mais um motivo dessa brincadeira espacial. Adoro ler e escrever, por isso me formei jornalista. E foi fazendo estágio de jornalismo que tive meu primeiro contato com a capoeira e me apaixonei. Comecei a treinar na Escola de Capoeira Armagedon, com o Mestre Del, e hoje sou pré-estagiária do grupo. Ainda tenho muito o que aprender sobre capoeira, por isso não fiz esse blog para ensinar nada a ninguém, apenas para trocar informações sobre essa arte maravilhosa. Deu tão certo que hoje escrevo também a coluna Capoeira Mulheres, no Portal Capoeira.

Meu e-mail: capoeiradevenus@gmail.com
Visualizar meu perfil completo
Ocorreu um erro neste gadget

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO